Infertilidade Masculina: Quais as principais causas ?

Diferente do que muitas pessoas pensam, as causas masculinas para infertilidade podem corresponder a 50% dos casos de infertilidade nos casais, cabendo os outros 50% às mulheres.

Espermograma é um exame fundamental para que seja direcionada a avaliação médica do homem e ele pode conter alterações como :

  • Azoospermia ( não encontrar espermatozóide no espermograma)
  • Oligozoospermia ( encontrar pouco espermatozóide no espermograma)
  • Teratozoospermia (alteração da morfologia do espermatozóide no espermograma)
  • Sêmen normal, porém com alta fragmentação de DNA no espermatozóide

Inúmeras doenças podem justificar tais alterações seminais. São elas : 

  • Varicocele
  • Alterações Hormonais
  • Alterações Genéticas
  • Infecções dos testículos e epidídimos
  • Obesidade, tabagismo, consumo de drogas, além hábitos de vidas que não sejam saudáveis.

Sempre importante uma ampla avaliação médica do casal, não ficando restrito a avaliação masculina ao espermograma.

O cuidado na saúde do homem é fundamental, para que isso possa levar a melhora da qualidade seminal, na tentativa de alcançar o ideal da gravidez natural.

Muito Obrigado

Dr. Igor Faria Dutra

 

Quais são os sintomas do câncer de próstata ?

Nesse mês de Novembro acontece a campanha “Novembro Azul” para conscientização do rastreio do câncer de próstata. As perguntas que pairam são : – Qual o sintoma do câncer de próstata ? ou Qual é a hora de procurar um Urologista ?

O Câncer de Próstata, na sua grande maioria, pode passar despercebido por anos. Em estágio inicial, quando as chances de curam beiram 90%, a doença não apresenta qualquer sintoma. Geralmente, os principais sintomas relacionados à próstata são devido a hiperplasia prostática, crescimento benigno da glândula, como jato urinário mais fraco, sensação de urgência miccional ou de esvaziamento incompleto da bexiga, entre outros.

O câncer de próstata permanece como a neoplasia mais comum e a segunda maior causa de óbito oncológico no sexo masculino. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) foram estimados 61.200 novos casos em 2016/2017 no Brasil, constituindo o tipo de câncer mais incidente nos homens (excetuando-se o câncer de pele não-melanoma) em todas as regiões do país, com 28,6% dos casos.

Apesar dos avanços terapêuticos, cerca de 25% dos pacientes com câncer de próstata ainda morrem devido à doença. Atualmente, cerca de 20% ainda são diagnosticados em estágios avançados, embora um declínio importante tenha ocorrido nas últimas décadas em decorrência, principalmente, de políticas de rastreamento da doença e maior conscientização da população masculina.

A Sociedade Brasileira de Urologia mantém sua recomendação de que homens a partir de 50 anos devem procurar um profissional especializado, para avaliação individualizada. Aqueles da raça negra ou com parentes de primeiro grau com câncer de próstata devem começar aos 45 anos. O rastreamento deverá ser realizado após ampla discussão de riscos e potenciais benefícios. Após os 75 anos poderá ser realizado apenas para aqueles com expectativa de vida acima de 10 anos.

Nao deixe de procurar um médico especialista para maiores esclarecimentos.

Muito Obrigado

Dr. Igor Faria Dutra

Fonte: Sociedade Brasileira de Urologia – SBU – www.portaldaurologia.org.br

Espermograma é atestado de fertilidade ?

Categoricamente a resposta é não.

O espermograma é a principal ferramenta na avaliação do potencial fértil do homem porém a avaliação masculina não se resume apenas a este exame.

É de extrema importância uma avaliação ampla do homem:

  •  Histórico de doenças;
  • Hábitos de vida (tabagismo, consumo de bebida alcoólica,  drogas, atividade física, etc…);
  • Avaliação física (obesidade, varicocele, criptoorquidia, volume testicular,  etc…);

Em 2010 a OMS (Organização Mundial de Saúde) publicou a última edição de um manual que teve o intuito de padronizar a análise laboratorial do sêmen e fornecer valores de referência para classificar o homem fértil. Laboratórios que seguem esse manual, costumam trazer maior confiabilidade em seus resultados na prática clínica.

Mais importante que definir valores dentro das referências determinadas pela OMS, é realizar avaliação global do homem. Atualmente  inúmero estudos vêm mostrando que análises funcionais do sêmen, como a avaliação da fragmentação de DNA, pode estar alterada em homens que possuem espermograma normal. O manual de 2010 não contempla esse tipo de informação, portanto uma cuidadosa avaliação médica deve ser realizada para que o melhor tratamento possa ser oferecido ao casal.

Procure um médico especialista e tire suas dúvidas sobre espermograma e fragmentação de DNA.

Obrigado

Dr. Igor Faria Dutra

Fonte: www.who.int

O uso do telefone celular e internet wi-fi levam a piora da qualidade seminal.

Recente artigo de revisão Nature Urology, mostra que o telefone celular e o laptop com uso de internet wi-fi vêm mostrando piora da qualidade seminal. Isto corrobora com a idéia de que a qualidade seminal dos homens no século XXI é pior do que de séculos anteriores.

As metanálises, incluindo estudos in vivo e in vitro, sugeriram que a exposição a telefones celulares está associada à redução da mobilidade espermática e da viabilidade espermática.

O aumento da produção de espécies reativas de oxigênio e o aumento da fragmentação do DNA no esperma foram sugeridos como possíveis mecanismos para esses efeitos adversos.

Uma associação de exposição do telefone móvel com concentração de esperma foi observada na metanálise de estudos em animais, mas os dados são equivalentes em estudos humanos e o Programa Americano Nacional de Toxicologia está atualmente realizando um estudo abrangente sobre os efeitos de exposição do telefone móvel na saúde.
Um estudo in vitro sugeriu uma associação negativa entre o uso de laptops conectados à internet sem fio e motilidade espermática e também sugeriu aumento da fragmentação do DNA, potencialmente através de um efeito não-térmico.

Procure médico especialista em fertilidade, para maiores esclarecimentos sobre o tema.

Fonte: https://www.nature.com/nrurol

Obrigado

Igor Faria Dutra

 

Como a inflamação crônica da próstata (prostatite) pode levar a efeitos adversos no esperma?

A inflamação crônica da próstata (prostatite crônica)  tem um efeito prejudicial no esperma, de acordo com os resultados de uma pesquisa  publicada on-line no Journal of Endocrinological Investigation.

Rosita A. Condorelli e colaboradores da Universidade de Catania em Catânia, Itália, analisaram dados de 27 estudos com um total de 3241 participantes, incluindo 381 (11,75%) com prostatite bacteriana crônica (CBP).

A Prostatite Bacteriana Crônica foi associado a uma redução na concentração, vitalidade e motilidade progressiva do esperma.

A Síndrome da Dor Pélvica Crônica  foi relacionado à redução no volume de sêmen, concentração de esperma, motilidade progressiva de esperma e vitalidade normal de esperma.

Muito Obrigado

Dr. Igor Faria Dutra

 

 

Varicocele e Infertilidade – Entenda essa relação e seu tratamento.

Varicocele é um doença de extrema importância na medicina reprodutiva, visto que, é considerada uma causa relevante de infertilidade.  Sua correção cirúrgica pode promover a gravidez natural em muitos casos, como até mesmo, melhores resultados em tratamentos de fertilização.

A Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva (ASRM), publica com frequência em sua revista científica estudos sobre o tema.  Comentarei os pontos mais relevantes do guideline publicado.

– O que é Varicocele ?

Varicoceles são definidas como veias escrotais anormalmente dilatadas, são presente em quase 15% da população masculina normal e em aproximadamente 40% dos homens com infertilidade. Embora a maioria dos homens com varicoceles sejam férteis, a variocele continua a ser o diagnóstico mais comum observado em homens inférteis.

Reproductive Scrotal layers
Bolsa Testicular

Pontos Importantes :

  • O diagnóstico de varicocele baseia-se principalmente no exame físico.
  • Os estudos de imagem não são indicados para a avaliação padrão, a menos que o exame físico seja inconclusivo.
  • Somente os vasos clinicamente palpáveis têm sido claramente relacionados com infertilidade.
  • Adolescentes e jovens podem ter varicocele e o acompanhamento do volume testicular, pode determinar a correção cirúrgica.
  • As abordagens microcirúrgicas baixas têm demonstrado menor recorrência e taxas de complicação do que as abordagens não microcirúrgicas.
  • A reparação de varicocele está associada a um baixo risco de complicações.
  • A maioria dos estudos mostra melhora nos parâmetros do sêmen e fertilidade após o reparo da varicocele.
  • O tempo para melhorar os parâmetros do sêmen é de aproximadamente 3 a 6 meses.

A experiência e o conhecimento do médico, incluindo a avaliação de ambos os parceiros, juntamente com as opções disponíveis, devem determinar a abordagem do tratamento com varicocele.

Parte deste texto foi traduzido e retirado do site : www.asrm.org

Para avaliação do casal é muito importante que o homem seja examinado por profissional experiente e treinado para detecção de varicocele, visto que, muitas vezes esse diagnóstico é negligenciado e pode ser determinante para o sucesso do tratamento.

Muito Obrigado

Dr. Igor Faria Dutra

Como o espermatozóide nada, contra todas as probabilidades ?

A BBC News publicou hoje uma notícia sobre pesquisas recentes que tentam entender como funciona a ´´natação“ do espermatozóide até a chegada ao óvulo para a fecundação.

Pesquisadores do Reino Unido e do Japão descobriram que os movimentos da cabeça e da cauda do esperma produziam padrões semelhantes aos campos que se formam em torno de ímãs.E estes ajudam a impulsionar esperma para o ovo fêmea.Saber por que alguns espermatozóides têm sucesso e outros falham pode ajudar a tratar a infertilidade masculina, disseram os pesquisadores.

Mais de 50 milhões de espermas embarcam na jornada para fertilizar um ovo quando um homem e uma mulher fazem sexo. Cerca de 10 alcançam a linha de chegada – mas só pode haver um vencedor. A jornada é traiçoeira, diz o autor do estudo, Dr. Hermes Gadelha.
“Toda vez que alguém me diz que eles estão tendo um bebê, eu acho que é um dos maiores milagres nunca – mas ninguém percebe”, diz o Dr. Gadelha, professor de matemática aplicada na Universidade de York.

Ele e sua equipe mediram a batida das caudas de espermatozóides individuais para tentar entender o fluxo de líquido em torno do esperma. Acontece que uma “fórmula matemática simples” explica os padrões rítmicos criados, diz Gadelha. E esses movimentos ajudam células espermáticas selecionadas a avançar em direção ao seu santo graal – o ovo fêmea.

O estudo, publicado na revista Physical Review Letters, diz que o próximo passo é usar o modelo para prever como os grandes números espermatozóides se movimentam

|Fonte: www.bbc.com / |Foto: retirada da notícia.

Obrigado

Dr. Igor Faria Dutra