Atualidade: Transmissão sexual do Zika Vírus.

Duas recentes publicações relataram revisão de casos de transmissão via sexual do Zika vírus.

A primeira evidência data de 2008 no estado do Colorado, Estados Unidos, em que o homem proveniente de uma viagem por Senegal apresentou sintomas clínicos típicos de Zika vírus, como artralgia, rash cutâneo e hemospermia. Sua esposa, após 14 dias de relação sexual, apresentou os mesmo sintomas.

Mais recentemente, outra evidência de contágio sexual foi observado em um casal de Dallas, Texas, em que o marido retornou da Venezuela e passou o vírus para esposa, que não tinha viajado.

Além disso, foi publicado no último ano, caso de detecção de RNA de Zika vírus no sêmem de um homem 62 dias após os sintomas da doença.

Importante ressaltar que mais estudos ainda necessitam ser realizados nesse âmbito, uma vez que, apenas relatos de caso foram descritos e somente com transmissão de homem para mulher.

Com intuito de proteger casais em tratamento de reprodução humana a Associação Americana de Medicina Reprodutiva – ASRM e Anvisa possuem protocolos bem documentados para prevenir infecções de Zika vírus, assunto que em breve será comentado no blog.

Nunca deixe de procurar um médico especialista para elucidar todas suas dúvidas.

Obrigado.

Dr. Igor Faria Dutra

Artigos : Zika virus infection in semen: a call to action and research / Late sexual transmission of Zika virus related to persistence in the semen.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s