O Diagnóstico de Câncer pode acabar com o sonho de ter filhos ?

No mês de outubro em todo mundo ocorre a campanha de conscientização para o diagnóstico precoce do câncer de mama – Outubro Rosa.

Segundo o INCA (Instituto Nacional de Câncer),  o câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos. Estatísticas indicam aumento da sua incidência tanto nos países desenvolvidos quanto nos em desenvolvimento. O autoexame de mama regular é o primeiro passo para combater essa doença tão prevalente no mundo.

Apesar de ser raro em mulheres jovens e em idade fértil, o tratamento do câncer de mama, como muitos outros câncer, costumam  ser tóxico para as gônadas (ovários nas mulheres e testículos nos homens), podendo levar a infertilidade, porém o sonho de ter filhos não deve ser encerrado neste momento.

Nesse sentido, além do diagnóstico precoce, a preservação da fertilidade deve ser realizada sempre, para mulheres em idade fértil.

E como pode ser realizada a preservação da fertilidade ?

  •  Congelamento de embriões
  • Congelamento de óvulos / sêmen ejaculado
  • Congelamento de tecido ovariano / tecido testicular (pré púberes)

Quando falo em congelar embriões e óvulos, significa dizer que a mulher deverá ser submetida a tratamentos de estimulação ovariana e posteriormente à punção de folículos ovarianos para coleta de óvulos. Todo este procedimento deverá ser realizado o mais breve possível e antes  do uso de drogas quimioterápicas (tóxicas para as gônadas), podendo ou não ser realizado após procedimentos cirúrgicos, conforme individualização de casos.

O Congelamento de tecido ovariano e testicular ainda não é amplamente realizado no mundo, porém vêm crescendo a cada ano e possui suas indicações muito bem especificadas.

Habitualmente a opção de congelar embriões é feita para mulheres e homens casados. Para mulheres jovens sem parceiros ou solteiras, o ideal é o congelamento de óvulos. Vale ressaltar que é necessário uma ampla discussão entre médico e paciente para definir a melhor forma de preservar a fertilidade.

Muito importante conversar com seu médico sobre a preservação da fertilidade. Hoje o câncer de mama quando diagnosticado precocemente têm altas taxas de cura, preservar a fertilidade também  é preservar a vida.

Muito Obrigado

Dr. Igor Dutra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s